Conhecer melhor a nossa biodiversidade: o Atlas de Mamíferos de Portugal

Catarina C. Ferreira, Helena Sabino-Marques, Joana Bencatel, Francisco Álvares, André E. Moura, A. Márcia Barbosa

O Atlas de Mamíferos de Portugal representa a distribuição dos mamíferos terrestres e marinhos portugueses (exceto morcegos) em todo o território nacional (continental e insular) e na respetiva zona económica exclusiva, sendo a compilação mais atualizada e à resolução mais fina até à data. A inclusão dos mamíferos marinhos, muitas vezes deixados de fora dos atlas de mamíferos, é particularmente relevante neste trabalho, especialmente dada a grande extensão da Zona Económica Exclusiva Portuguesa, que cobre uma parte substancial do Atlântico Norte Oriental. Este atlas foi elaborado no âmbito de um projeto de investigação sobre biogeografia de vertebrados na Península Ibérica e Europa Ocidental e resultou da combinação de esforços de numerosos indivíduos e entidades. A sua elaboração consistiu na compilação de um volume de registos de presença de mamíferos sem precedentes no nosso país, cuja posterior seleção foi baseada em metodologia e procedimentos de validação rigorosos de acordo com padrões internacionais. Neste artigo, apresentamos uma breve descrição dos antecedentes que motivaram a elaboração do Atlas, da metodologia utilizada, dos principais resultados desse trabalho e das suas limitações. O Atlas de Mamíferos de Portugal tem um grande potencial para se tornar uma ferramenta imprescindível para melhor avaliar o estatuto de conservação destas espécies e, consequentemente, para melhorar a conservação e gestão dos mamíferos no nosso país. Fazemos ainda um apelo ao envio de dados adicionais pelos leitores, que poderão ser incluídos em posteriores edições do Atlas.