História da Silva Lusitana (Continente e Ilhas)

Jorge Paiva

 

Somos uma espécie que gosta de histórias. Por isso tiveram sucesso os “folhetins” radiofónicos e, atualmente, as telenovelas. Na infância contam-se histórias muito variadas para entretenimento ou para uma melhor integração das crianças no meio em que vivem. Nos estabelecimentos de ensino aprende-se a história do nosso país, a história universal, um pouco de história da literatura, da poesia, das ciências e das religiões. No entanto, a história da nossa floresta (silva, em latim) nunca é referida nas Escolas, quando foi extremamente relevante para a conquista do nosso território continental e para os Descobrimentos.